Página Inicial / Geral / Pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Cardiologia dá dicas para uma alimentação mais saudável

Pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Cardiologia dá dicas para uma alimentação mais saudável

De acordo com uma pesquisa realizada em 2018 pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), quatro em cada dez brasileiros adultos têm nível de colesterol alto e quase 70% só realizaram o exame após os 45 anos de idade. O levantamento foi feito com mais de 800 pessoas de todo o Brasil.

No Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória, nutricionistas da unidade alertaram colaboradores da unidade e acompanhantes de pacientes sobre a importância de manter uma alimentação saudável para uma melhor qualidade de vida.

A ação foi realizada na última sexta-feira (30), durante a Reunião de Acolhimento, que acontece toda a semana no hospital, que é gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

Durante a atividade, a nutricionista do HEUE, Sabrina Coelho, reforçou a importância de verificar os rótulos das embalagens e realizar as substituições dos alimentos. Ela, que é responsável pela ação, explicou sobre a importância do consumo de frutas, legumes e grãos integrais, além da necessidade de evitar carnes com gorduras e excesso de sal.

“Evite o óleo composto. Opte pelo azeite que é rico em Ômega-3, um tipo de gordura boa, capaz de regular as taxas de colesterol e proteger contra doenças cardíacas e circulatórias”, orienta.

No entanto, além de melhorar os hábitos alimentares, a profissional também reforçou a necessidade de lutar contra o sedentarismo. “Manter hábitos alimentares saudáveis, atrelados à atividade física é importantíssimo para evitar doenças”, pontuou.

O HEUE conta com sete nutricionistas clínicas que prestam assistência a todos os pacientes internados na unidade. Entre as atividades estão a avaliação do estado nutricional, desenvolvimento de estratégia e monitoramento da terapia nutricional dos pacientes. A ação desenvolvida no hospital também prestou homenagens à profissão, lembrando o Dia do Nutricionista, comemorado em 31 de agosto.

 

Confira as dicas de alimentos para uma rotina mais saudável

Para quem deseja manter hábitos alimentares mais saudáveis, uma das alternativas é realizar a substituição de alimentos, mantendo um cardápio mais equilibrado e compatível ao dia a dia.

A nutricionista Sabrina Coelho, do HEUE, explica que os alimentos são divididos em grupos, ou seja, de acordo com a composição nutritiva. “O ideal é que as substituições sejam realizadas no mesmo grupo de alimentos, sempre respeitando as quantidades que serão consumidas”, alerta.

1) Ao consumir chocolates, prefira os que contenham mais cacau na composição, em vez das opções convencionais ao leite, meio amargo ou branco;

2) No lugar de doces como sobremesa, substitua por frutas in natura e sem acréscimo de caldas. Dê preferência para as frutas com bagaço e casca. A proposta é aumentar a fibra alimentar e auxiliar no funcionamento do intestino, além de ser uma alternativa de saciedade;

3) Os refrigerantes contêm uma grande quantidade de açúcar na sua composição e sódio; prefira sucos naturais e sem acréscimo de açúcar ou adoçante. Para hidratação diária temos como boas opções água, água de coco e chá.

4) Substitua leite e derivados integrais por opções desnatado, pois eles contêm menos gordura;

5) Sempre que puder troque os carboidratos simples pelo integral, pois têm mais fibras e ajudam no controle glicêmico.

6) Alimentos gordurosos como salgados, doces e embutidos podem ser substituídos por alimentos que fornecem gordura saudável de forma natural no organismo, como abacate, azeite de oliva, pasta de amendoim, nozes, castanhas, linhaça e semente de girassol.

As dicas são um passo importante para simples mudanças no dia a dia, mas lembre-se, o acompanhamento profissional sempre é o mais indicado. Não deixe de procurar um médico e um nutricionista, e mantenha sempre a atenção na saúde.

 

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa à promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 11 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.

 

Você pode Gostar de:

Casos de caxumba crescem 130%

O número de casos de caxumba cresceu 130% no acumulado janeiro a agosto deste ano, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *