Página Inicial / Polícia / POLICIA CIVIL PRENDE SUSPEITOS DE ASSASSINAR CICLISTA EM VITÓRIA-ES

POLICIA CIVIL PRENDE SUSPEITOS DE ASSASSINAR CICLISTA EM VITÓRIA-ES

A equipe do Departamento Especializado de Investigações Criminais (Deic) prendeu na quarta-feira (15), os dois suspeitos de assassinarem o ciclista Renato Ferreira de Souza, de 46 anos, nessa terça-feira (14), enquanto ele trafegava de bicicleta pela Cinco Pontes, em Vitória.  E.M.M., de 20 anos, foi preso, em flagrante, no bairro São Torquato, enquanto que D.B.C., de 19 anos, localizado no bairro Morro do Moscoso. Ambos foram detidos em menos de 24 horas após roubarem a bicicleta e assassinarem a vítima. As informações sobre as prisões foram divulgadas durante a coletiva de imprensa realizada na Chefatura de Polícia, em Vitória.

Assim que soube do fato, o delegado– geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda, informou que, de imediato, determinou que fossem iniciadas as investigações do caso. “Essa reposta imediata é muito importante, pois com a prisão dos dois estamos atuando na sensação da impunidade. Representa dizer aos suspeitos que crime não compensa e se cometer, nós vamos prender”, relatou.

O responsável pelo Deic, delegado Romualdo Gianordolli, contou que ciclista estava passando pela ponte Florentino Ávidos quando foi abordado por dois suspeitos. “Ele acabou tendo uma reação um pouco brusca e foi quando um dos suspeitos acabou efetuando o disparo que o matou. Desde o ocorrido, a equipe esteve no local, realizou as diligências no sentido de identificar os autores e depois localizá-los, aproveitando que eles estavam em estado flagrancial”, disse o delegado.

O chefe do Deic informou que os policiais conseguiram informações sobre o crime por meio do Disque- Denúncia -181. “A partir disso, iniciamos as diligências e localizamos o suspeito de 20 anos dentro de sua residência. No local, os policiais encontraram a arma do crime, bem como o aparelho celular da vítima. Então, não fica difícil verificar que realmente há uma semelhança entre a acusação que ele responde e o que de fato ocorreu. Além disso, a arma estava com duas munições deflagradas e, segundo as testemunhas, foram dois disparos efetuados contra a vítima”, contou.

D.B.C. foi localizado na escadaria do Morro do Moscoso e a bicicleta da vítima suja de sangue próximo do local. Romualdo Gianordolli informou que durante o depoimento, E.M.M. alegou que quem efetuou o disparo foi o comparsa.  “Ele disse que o parceiro estava com a arma e abordou a vítima, que tentou segurá-la. Eles entraram em uma luta corporal e, nesse momento, foram efetuados dois disparos, sendo que há principio somente um tiro acertou a vítima. Vamos continuar as investigações para o que de fato ocorreu”, disse.

Os suspeitos foram indiciados por latrocínio consumado e, após os procedimentos de praxe, foram encaminhados para uma unidade prisional da região.

 Fonte/Foto: Assessoria de Comunicação Polícia Civil Fernanda Pontes

 

Você pode Gostar de:

POLÍCIA CIVIL PRENDE CINCO SUSPEITOS DA MESMA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA DE TRÁFICO DE DROGAS NO ESPÍRITO SANTO

A equipe do Departamento Especializado de Narcóticos (Denarc) realizou uma operação para combater o tráfico …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *