Página Inicial / Polícia / POLÍCIA CIVIL REALIZA OPERAÇÃO DE COMBATE Á RECEPTAÇÃO DE APARELHOS CELULARES NO ESPÍRITO SANTO

POLÍCIA CIVIL REALIZA OPERAÇÃO DE COMBATE Á RECEPTAÇÃO DE APARELHOS CELULARES NO ESPÍRITO SANTO

A equipe da Delegacia Especializada de Crimes Contra Transportes de Passageiros (DCCTP) realizou uma operação para combater a receptação de aparelhos celulares nos municípios de Serra e de Cariacica. Na ação, 15 lojas foram fiscalizadas, dentre elas, seis apresentaram irregularidades. Foram apreendidos diversos aparelhos celulares, além do indiciamento de oito pessoas.

As informações foram passadas na coletiva de imprensa que ocorreu na terça-feira (30), no auditório da Chefatura da Polícia Civil (PC). Participaram do encontro o delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda, o chefe da Delegacia Especializada de Investigação Criminal (Deic), delegado Romualdo Gianordolli, o chefe da Divisão Especializada de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio (DRCCP), delegado Fabiano Rosa, além do titular da Delegacia Especializada de Crimes Contra Transportes de Passageiros (DCCTP), delegado Gabriel Monteiro.

“Esta foi mais uma ação exitosa do Deic para combater os crimes secundários, que nós chamamos de receptação qualificada.  São crimes praticados por empresas comerciais clandestinas ou irregulares. A ideia é fazer com que aquela pessoa que pratica esses crimes não tenha onde colocar esses produtos. Isso desestimula a ação principal de furto e roubo no interior de veículos de passageiros. Essa operação é muito eficaz para inibir esses crimes e nós conseguimos fazer um comparativo com o mesmo semestre do ano passado, e ocorreu a diminuição desses crimes em 60% neste semestre”, relatou o delegado-geral, Arruda.

O responsável pela DCCTP, delegado Gabriel Monteiro, contou que houve algumas etapas para o indiciamento dos responsáveis pelas lojas fiscalizadas nesta ação. “No primeiro momento, nós identificamos e efetuamos a prisão de 20 suspeitos que estavam efetuando os crimes nos coletivos. Além disso, foram pedidas mais de 35 representações por prisão preventiva, totalizando 55 criminosos identificados e presos. Isso já nos mostrou uma redução nos crimes. Na segunda fase, tentamos coibir pessoas comuns que compram esses parelhos celulares, que respondem por receptação. Nós prendemos 10 pessoas”, explicou o delegado.

Gabriel Monteiro contou que houve o mapeamento de 15 lojas. “Com o apoio da equipe de Inteligência da Segurança Pública e informações do Disque Denúncia, nós conseguimos mapear 15 lojas nos municípios de Cariacica e Serra. Seis lojas apresentavam irregularidades, nós levamos para a delegacia onde resultou a prisão de oito suspeitos, que exercem essa atividade comercial e vendem os aparelhos adquiridos ilicitamente”, relatou.

O delegado acrescentou que os estabelecimentos fiscalizados são lojas normais que fazem manutenção, vendem e compram aparelhos. Esses estabelecimentos não serão divulgados para não interferir nas investigações. Nas lojas foram apreendidas algumas peças que não tinham nota fiscal.

“Nosso intuito é coibir os roubos em coletivos e, para isso, é também necessário que o cidadão registre a ocorrência nas delegacias. Os suspeitos que efetuam esse tipo de crime costumam fazer muitas vítimas nos coletivos, por isso é importante que o cidadão procure a delegacia para efetuar a denúncia. Nós precisamos ter conhecimento dos crimes para iniciarmos as investigações, além disso, o autor dos crimes irá responder pela pena somada à quantidade de vítimas”, ressaltou Gabriel Monteiro.

O delegado afirmou ainda que a Polícia Civil está tirando os criminosos de circulação e também quem está comprando esses aparelhos de forma irregular. “A população tem a facilidade do registro de ocorrência on-line, e nós também realizamos atendimentos na Delegacia Especializada de Crimes Contra Transporte de Passageiros, onde o cidadão será bem recebido por nossa equipe. Qualquer informação que auxilie nas investigações poderá ser passada pelo serviço do Disque Denúncia 181”.

Os oito suspeitos foram indiciados por receptação qualificada. 

 Fonte/Foto: Assessoria de Comunicação Polícia Civil

Você pode Gostar de:

PF investiga suspeita de participação de Collor em lavagem de dinheiro

Setenta policiais federais participam de uma operação deflagrada nas primeiras horas da manhã de hoje …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *