Página Inicial / Polícia / Polícia fecha farmácia clandestina

Polícia fecha farmácia clandestina

A equipe da Delegacia de Mimoso do Sul fechou uma farmácia clandestina, na quarta-feira (09), em operação conjunta com a Vigilância Sanitária do município e com o Conselho Regional de Farmácia. O proprietário, W. F. de O., de 38 anos, foi preso durante a ação.

De acordo com o delegado responsável, Rômulo Carvalho Neto, o estabelecimento funcionava no distrito de São José das Torres. “A farmácia não tinha alvará de funcionamento, nem sanitário, nem farmacêutico. Foram encontrados, no local, medicamentos vencidos e expostos à venda, psicotrópicos e medicamentos de venda proibida, por serem comercializados apenas com o setor público. O suspeito confessou que os remédios foram desviados do Hospital Menino Jesus, de Itapemirim”, explicou.

O delegado informou que foram apreendidas várias centenas de medicamentos que ainda estão sendo contabilizados. “O suspeito também será investigado por falsificação de documentos, tendo em vista que falsificou um alvará sanitário da Vigilância Sanitária de Mimoso do Sul, expedido para uma farmácia que era de seu irmão. O objetivo era usar o documento para comprar medicamentos e abrir outra farmácia irregular na localidade de Gomes, em Itapemirim”, relatou.

O detido foi autuado pelo crime de tráfico de drogas, crime contra as relações de consumo e exercício irregular da profissão de farmacêutico. Ele foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória Cachoeiro de Itapemirim (CDP-CI) e também será investigado por peculato, por ter participado dos eventos que desviaram medicamentos do Hospital Público Menino Jesus de Itapemirim.

 

Você pode Gostar de:

10ª Cia Ind apresenta Projeto de Prevenção em Saúde Militar em programa de rádio em Piúma

Nesta terça-feira (15), o comandante da 10ª Companhia Independente, major Marsuel Botelho Riani e a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *