Página Inicial / Geral / POLÍCIA MILITAR DO ESPÍRITO SANTO PARTICIPA DO LANÇAMENTO DA DIRETRIZ NACIONAL DE POLÍCIA COMUNITÁRIA EM BRASÍLIA

POLÍCIA MILITAR DO ESPÍRITO SANTO PARTICIPA DO LANÇAMENTO DA DIRETRIZ NACIONAL DE POLÍCIA COMUNITÁRIA EM BRASÍLIA

A Polícia Militar participa, nesta sexta-feira (12), do lançamento da Diretriz Nacional de Polícia Comunitária, juntamente com as Polícias Militares dos 27 Estados representados no Ministério da Justiça. A representação da PMES foi indicada pelo comando-geral da Instituição, na pessoa do major Sandro Roberto Campos, chefe da Divisão de Polícia Comunitária da Diretoria de Direitos Humanos e Polícia Comunitária.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da SENASP e os Estados, somaram esforços para o estabelecimento de diretrizes do Sistema Nacional de Polícia Comunitária, com a ênfase na padronização de fundamentos, conceitos e a emissão de diretrizes propriamente ditas. Participam do evento os integrantes do MJ e SENASP, representantes do Japão, da Polícia Nacional do Japão, da Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) e autoridades convidadas, integrantes da Diretoria de Políticas de Segurança Pública e os Gestores estaduais de Polícia Comunitária dos Estados, um representante por Estado.

O evento ocorre no auditório Tancredo Neves, Palácio da Justiça, sede do Ministério da Justiça e Segurança Pública em Brasília, e, ao longo do dia, contará com a assinatura e lançamento formal da Diretriz Nacional de Polícia Comunitária, agradecimentos ao Governo do Japão e à Polícia Nacional do Japão, assinatura da respectiva carta de intenções, apresentação do Coordenador Geral de Políticas para a Sociedade e contribuições dos Gestores Estaduais de Polícia Comunitária.

Segundo o major Sandro Roberto Campos “o evento é histórico e representa um importante marco conceitual e procedimental no que tange à implantação da filosofia de polícia comunitária em todas as Unidades da Federação, bem como estabelecer um norte adaptável às várias realidades locais. A PMES encontra-se em fase final de implantação de sua Política Institucional para o território capixaba e teve participações e colaborações intensas na elaboração dessa diretriz nacional que hoje aqui é lançada”.

O coronel Barreto, comandante Geral da PMES destacou que “a filosofia de polícia comunitária é imprescindível para que todo o nosso efetivo atue alinhados aos anseios das comunidades atendidas, e, fomentar e institucionalizar nos âmbitos nacional e estadual as práticas inerentes a atividades internacionalmente reconhecidas. É realizar um enorme salto em direção à contemporaneidade e adequadas formas de abordar os conflitos em sociedade”.

Fonte/Foto: Assessoria de Comunicação da SESP/PMES

 

Você pode Gostar de:

MOURÃO ESTÁ NA CHINA EM VISITA OFICIAL E REATIVA COMISSÃO SINO-BRASILEIRA

O vice-presidente Hamilton Mourão está na China esta semana, onde presidirá a quinta edição da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *