Página Inicial / Geral / Servidores e vereadores participam de treinamento sobre virtualização dos processos da Câmara de Guarapari

Servidores e vereadores participam de treinamento sobre virtualização dos processos da Câmara de Guarapari

A Câmara Municipal de Guarapari promoveu, na última quarta-feira (24) e quinta-feira (25), um treinamento para os servidores e vereadores da Casa de Leis. O objetivo era capacitá-los para a modernização do sistema que implica diretamente em mudanças de atitudes tanto na assessoria dos vereadores quanto dos servidores que lidam diretamente com os processos legislativos.

Inicialmente, serão virtualizados somente os processos legislativos que tratam das proposições apresentadas pelos vereadores. Em seguida serão os processos administrativos, que se referem aos processos de pagamento e de contratação e pessoal, o que trará maior controle e eficiência aos processos, além, é claro, de maior transparência.

Foram capacitadas quase 60 pessoas que atuarão diretamente com os processos legislativos, desde a sua elaboração, passando pela tramitação e arquivamento, tudo em forma virtual. Isto representa transparência 100% dos processos legislativos, já que o cidadão poderá acompanhar momento a momento o tramite das proposições de seu interesse.

O vereador Oziel de Souza (PSC), que testou o sistema apresentado, ressaltou que a tecnologia que veio para  auxiliar e  trazer respostas mais rápidas às demandas que recebem quanto às proposições. “Não temos como fugir da tecnologia que está no nosso dia a dia. Ela veio para nos auxiliar e nos permitir dar respostas mais rápidas às demandas de projetos de leis, por exemplo”, afirmou o parlamentar.

O presidente da Câmara, vereador Enis Gordin (PRB), que também participou do treinamento, afirmou que “nossa meta e chegar ao primeiro lugar da transparência e mostrar Guarapari como um exemplo para todo o Espírito Santo.”

Já o vereador Clebinho Brambati (PTB) disse que “o que for feito para melhorar as atividades dos vereadores e aproximar a população dos trabalhos terá sempre a sua colaboração, principalmente em relação a este avanço que está sendo implantado.”

O diretor geral da Câmara, Ricardo Rios, ressaltou que a mudança vai dar mais transparência aos processos.A meta é que os sistema já receba as primeiras proposições já a partir de 01 de agosto, quando então todos os processos passarão a ser virtuais, sendo acompanhados instantaneamente pelos interessados e pelo próprio vereador que não mais necessitará se dirigir à Câmara para saber “onde está” o processo que ele protocolizou.

O Diretor geral da Câmara, Ricardo Rios, ressaltou que a tecnologia precisa ser utilizada para trazer economia, transparência e eficiência aos serviços públicos e que essas são as metas cotidianas da atual gestão da Casa. “Não se pode ignorar que a tecnologia é de suma importância para o desenvolvimento das atividades cotidianas e o poder público não pode se furtar a aderir aos meios tecnológicos para que possa prestar serviços eficientes ao cidadão. De igual forma em que as ferramentas oriundas da Tecnologia da Informação devem ser empregadas para que o cidadão conheça em tempo real o que faz os seus representantes, atendendo o principio da publicidade dos atos administrativos”, disse o diretor.

 

 

Você pode Gostar de:

Governo estuda enviar Exército para combater queimadas na Amazônia

Presidente Jair Bolsonaro disse que decisão será tomada ainda hoje O presidente Jair Bolsonaro disse …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *